quinta-feira, 23 de maio de 2013

Que venha o Brasileiro


Fala, galera! Jogão ontem, 4x0 ficou pouco. Gostei muito do futebol apresentado pelos estreantes Dedé e Lucca. O primeiro se impôs, mostrou seu estilo agressivo invadindo por mais de uma vez a zaga adversária. Lucca então, nem se fala. Se alguém tinha alguma desconfiança, acabou ontem. Estreou com muita personalidade, marcando um belo gol depois do lançamento do Élber. Tenho certeza que vamos ouvir muito o nome desses dois esse ano. Aliás, não só deles. O Brasileirão vem aí, e chegou a hora dos nossos guerreiros provarem sua força.

Desde 2003 que não vemos um time do Cruzeiro tão promissor. Diferente do que vinha ocorrendo em outras temporadas, em especial as duas últimas, nós temos um elenco grande e poderoso. A começar pela zaga, que melhorou muito esse ano. O meio-campo também está bem melhor, temos dois meias que até então deram conta do recado muito bem. O ataque dispensa comentários, não é mesmo? Na minha opinião, somos incontestáveis favoritos à uma das vagas da Libertadores. Só falta um pouco, muito pouco, para sermos o grande favorito ao título.

Digo isso por dois problemas que ainda precisam ser resolvidos. O primeiro deles é o entrosamento. Até nas nossas goleadas, a falta de entrosamento acaba matando muitas jogadas. A meu ver, isso acontece porque temos um time que se formou este ano, os jogadores ainda estão se conhecendo, enquanto outros ainda estão estreando. Tudo isso é normal e com o tempo se resolverá sem maiores problemas. Nada melhor que o início do Brasileirão pra dar o entrosamento que nosso time precisa.

O outro problema são as laterais. De todas as contratações feitas esse ano, as laterais foram as menos expressivas. Infelizmente, Ceará não consegue mais emplacar 10 jogos seguidos sem se machucar. Mayke, seu substituto, tem mostrado um bom futebol, porém não podemos confiá-lo um setor inteiro. Não seria bom para ninguém, muito menos para ele. A lateral-esquerda também clama por um jogador mais incisivo. Éverton vinha fazendo a função relativamente bem, mas não conseguiu convencer. Egídio tem mais fundamentos na função, mas ainda lhe falta mais segurança e mais atenção nos jogos. Acho que é o caso da diretoria pensar em reforços.

De todo jeito, temos um timaço para a temporada. Estou muito confiante no trabalho do Marcelo Oliveira e na entrega que o time teve até aqui. Se mantivermos o ritmo vai ser difícil não conquistarmos algum título. Vamos todos juntos buscar esse caneco que desde 2003 sonhamos tanto. 

AVANTE, CRUZEIRO! ESTAMOS FECHADOS COM VOCÊ ATÉ O FIM!

Nenhum comentário: