quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Pelo menos não foi de 7, né Felipão?


Hoje o Cruzeiro entrou em campo sabendo que a rodada estava ‘quase perfeita’ para ele. Com os tropeços de Inter e Flu, a Raposa tinha a chance de abrir 5 pontos de dianteira para o segundo colocado. E foi isso que ela fez, com muita dificuldade, diga-se de passagem.

Que os times vêm ao Mineirão para se defender não é novidade. Até mesmo os ditos ‘grandes’ pegaram esta mania agora. Mas o Grêmio de Felipão – que fazia o seu primeiro jogo após o estupro de 7x1 que o Brasil sofreu para a Alemanha – fez da defesa a sua estratégia para a partida e quase colheu frutos.

Sem M. Moreno, que não pode jogar por pertencer ao adversário de hoje, M. Oliveira apostou em J. Batista para a ‘centro-avancia’ na partida. Compacto, o Grêmio soube marcar muito bem o Cruzeiro, que, embora tenha conseguido mai de 60% de posse de bola, pouco criou na primeira etapa. A bem da verdade, foram dos pés do ex-cruzeirense Dudu as melhores chances do jogo, ambas muito bem defendidas por Fábio.

A etapa complementar não foi muito diferente. William saiu para a entrada de Alisson. Lucas Silva, amarelado, deu lugar a Nílton. Mas o panorama era literalmente o mesmo: Cruzeiro pressionando e Grêmio muito perigoso nos contra-ataques.

Até que Dagoberto entrou no jogo no lugar de JB, o que deu ainda mais mobilidade ao time celeste, que passou a pressionar mais o time gaúcho. O Cruzeiro até fez um gol aos 35, em lance anulado pelo árbitro que viu falta de Dede em Rodolpho.

Quando o jogo ganhava em tensão e parecia caminhar para um 0x0, aos 40 minutos, Dedé desarmou a bola na defesa e se lançou ao ataque. Fez uma tabela meio sem jeito com Alisson para receber na ponta direita, de onde fez um cruzamento perfeito, na cabeça de Dagoberto, que contornava nas costas da zaga Gremista para fazer o gol da partida. Um ‘Dagol Dedécisivo’, sofrido, suado, que colocava o Cruzeiro a 5 pontos de dianteira na ponta da tabela e fez por explodir o Mineirão, a Sampa Azul e eu, que tive de ver o jogo de casa para cuidar da ‘patroa’ que ficou doente.

Valeu o susto nela e a provável multa de condomínio que eu vou levar por acordar o prédio todo... rs

Nos 5 angustiantes minutos de acréscimo, o Grêmio bem que tentou, mas o Cruzeiro soube segurar esta importante vitória na briga pelo título.

Eu que estava apreensivo com estes dois jogos dificílimos em casa, confesso, estou mais aliviado. Acho que estas partidas vão dar a força que precisamos para terminar bem o primeiro turno.

E, para finalizar, gostaria de destacar a excelente partida do Fábio e do Dedé hoje. Ambos foram preteridos por Felipão e hoje tiveram a chance de dar ‘o troco’ no ranzinza e prepotente treinador gaúcho que também tem o que comemorar hoje: pelo menos não foi de 7, né Felipão?

Força e foco, Cruzeiro. Estamos no caminho certo. Firmes na luta pelo Tetra.


Vamos Cruzeiro!

Nenhum comentário: