sábado, 2 de agosto de 2014

Empate do Cruzeiro, vitória do resto...


Hoje o Cruzeiro jogou melhor no Mineir... Não, péra! Não era o Mineirão... era o Maracanã literalmente tomado pelos Cruzeirenses. Pelo visto, não é só o time que dá show, mas a torcida também.

Durante o primeiro tempo, o Cruzeiro dominou a partida. É bem verdade que esteve um pouco abaixo do que estamos acostumados mas, apesar da presença marcante da torcida, era sim um jogo fora de casa e contra um adversário em busca de superação.

Apesar da maior posse de bola, dos passes e das chances criadas, foi o Botafogo quem abriu o placar, aos 25 em cabeçada de Edílson e escorregão de Fábio.

Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro já começou pressionando. Quando Henrique se lesionou, M. Oliveira foi ousado e colocou Dagoberto e William no time. Com mais atacantes em campo, coube ao zagueiro Leo fazer o gol de empate, aos 14 do segundo tempo, em bola que sobrou de uma cobrança de escanteio.

O Cruzeiro ainda teve ótimas chances de gol. Durante a etapa complementar, colocou 2 bolas na trave adversária, além de ter obrigado o goleiro Jefferson a fazer um ou dois milagres.

Apesar do maior volume, chances e pressão, aquela escorregadinha do Fábio nos custou uma melhor sorte no jogo. (E há de se destacar... Nem mesmo achei falha do nosso goleirão. Achei falta de sorte mesmo).

E para delírio da mídia e de toda torcida contra, o Cruzeiro não somava seus habituais 3 pontos no campeonato. Sorte dos ‘criadores de mitos’ que podem manter a frase ‘O Cruzeiro, jogando no novo Mineirão, ainda não venceu...’.

Para o nosso time, parabéns pela batalha, pelas jogadas e pelo empenho. Para os adversários, comemorem... empate do Cruzeiro, para vocês, é dia de vitória.

Azar do próximo adversário do Cruzeiro no Maracanã. Pois, toda vez que eu assisto a jogos do Cruzeiro com meia branca, camisa nº8 e no domingo, a gente ganha todas no Maraca.

Vamos Cruzeiro! Continuamos firmes e fortes na luta pelo Tetra!


Nenhum comentário: