sábado, 9 de agosto de 2014

Apito inimigo.


Acho que podemos dizer que o Cruzeiro fez um jogo cirúrgico hoje. Não pela precisão, mas sim porque a raposa foi literalmente operada pela arbitragem.

Que o Brasil está contra o Cruzeiro não é novidade. Mas os dois gols legais anulados na partida de hoje, dão bem a medida de como não basta ser bom para ser vencedor neste Brasileiro.

O primeiro gol anulado, na etapa inicial, em um lance que o juiz marcou falta inexistente de Ricardo Goulart. O segundo, na etapa complementar, com um gol anulado por impedimento inexistente. Ridículo. Me deixa com muito pouco para falar sobre a partida.

Apesar dos pesares, continuamos líderes. Agora é ficar ‘preparado’ para as duas próximas pedreiras em casa, contra Santos e Grêmio. É hora de nossa torcida mostrar sua força e ser o 12º jogador da equipe em busca de mais 3 pontos.


Vamos Cruzeiro!

Nenhum comentário: