domingo, 17 de agosto de 2014

Quando ví o uniforme do Santos, sabia que ganharíamos.


Por mais que eu saiba que estamos jogando o fino da bola, não tem jeito. Eu sempre fico nervoso em jogos do Cruzeiro. Mas quando ví o time santista entrando em campo de listrado, tinha certeza de que ganharíamos. Porque time de listras, no Mineirão, a gente derrota mesmo.

No reencontro com o Gigante da Pampulha, depois de duas partidas fora, o Cruzeiro enfrentou o time do Robinho e fez bonito. No mar Azul de gente (42 mil, para ser mais exato) o peixe não teve vez e foi a Raposa quem nadou de braçada.

O Cruzeiro jogou MUITA bola. Marcou feito gente grande e o Santos pouco fazia na partida. Com toques envolventes e uma time que pressionava a saída de bola adversaria, o Cruzeiro fez um gol – bem anulado – aos 19 minutos, com Everton Ribeiro, que tocou com a mão na bola (involuntariamente) e depois chutou para o gol.

Pouco depois, em cobrança de falta de E. Ribeiro, M. Moreno cabeceou para fazer 1x0 Cruzeiro, em lance que Ricardo Goulart tentou desviar, mas não acertou a bola. Ainda bem, pois ele estava em posição de impedimento e invalidaria o gol.

Depois do gol celeste, o Santos saiu mais para o jogo e teve até chance de empatar a partida, mas a Raposa soube se postar bem em campo e levou a vitória para o intervalo.


Na volta do intervalo, gol do Cruzeiro.

Logo aos 2 minutos, Ricardo Goulart aproveitou a pressão inicial do Cruzeiro, recebeu um passe na área e fez mais um no brasileirão, o segundo da Raposa.

O jogo ficou ainda mais aberto, mas o Cruzeiro sempre mais perigoso e organizado em campo. Dedé e Leo faziam uma bela partida e colocavam o Robinho no bolso, R. Goulart e E. Ribeiro também eram destaque, enquanto o Henrique apresentava aquele futebol primoroso que um dia o levou a seleção. Deu gosto de ver o Cruzeiro jogar.

Já no final da partida, J. Batista – que havia entrado no lugar de M. Moreno, deu números finais ao jogo, fazendo o terceiro e dando números finais a partida.

Linda apresentação do Cruzeiro em recompensa ao maravilhoso público que compareceu ao Mineirão hoje e também a toda galera que compareceu à Sampa Azul. Vitória importantíssima que recoloca o time na liderança do Brasileirão.

Quinta feira tem mais! Mais um jogo dificílimo no Mineirão. E, mais uma vez, vamos precisar de toda força do mundo nas arquibancadas.


Dia de Sorteio.

Hoje, tem dois Cruzeirenses que estão ainda mais felizes que toda a nação celeste. São os pés quentes Felipe Ferreira e Wilson Dantas, que ganharam, respectivamente, uma camisa do Tri e uma camisa oficial do nosso Palestra no sorteio da Sampa Azul hoje.


Líderes e pés quentes. Parabéns aos ganhadores!

Sampa Azul é isso, amigos... Amizade, torcida, +3 pontos para o Cruzeiro e prêmios.

Até quinta!

#VemPraSampaAzul
#FechadoComOCruzeiro

Nenhum comentário: