sexta-feira, 16 de abril de 2010

Classificado!

Ontem, pela primeira vez em quase 1 ano de Sampa Azul, não pude assistir ao jogo no QG. Mas nem por isso deixei acompanhar o nosso Cruzeirão em mais uma saga em terras chilenas. Assisti a partida do meu telefone celular, pelo Justin.tv.

(OFF: Aliás, se você tem um iPhone este é um ótimo aplicativo para você ter consigo. Faça o download dele na iTunes Store, ou neste site procurando por Justin-TV).

Voltando ao jogo, a imprensa chilena esperava um verdadeiro caldeirão no estádio chileno ontem. O técnico do Colo-Colo - com o emprego em jogo - havia convocado a torcida e prometivo a vitória a qualquer custo.

No entanto o que se viu foi mais uma panela vazia do que um caldeirão. Nem mesmo a torcida chilena parecia acreditar que o time poderia vencer o Cruzeiro por 4x0.

Logo na primeira etapa o Cruzeiro controlou a partida, tratando de abafar qualquer pressão do time chileno, que teve em um chute a queima roupa logo no início da partida, sua melhor chance defendida pelo Fábio. No entanto, se por um lado o Cruzeiro não sofreu com a pressão, também não agrediu o adverseario.

O seguno tempo reservou mais emoções para a nossa torcida. O Cruzeiro percebeu que era mais time e que tinha a possibilidade real de vitória. Tanto que em uma jogada belíssima de Gilberto pela esquerda, um toque envolvente de bola acabou com um cruzamento para Thiago Ribeiro (o novo craque da torcida) fuzilar de prima para abrir o placar.

Pena que o time se desconcentrou logo após o gol e passou a sofrer uma pressão chilena, que resultou no gol de empate.

O Colo-Colo ainda teve um jogador expulso, mas o Cruzeiro não soube converter a vantagem em gol. Com a vitória do Vélez sobre o Dep. Itália, o Cruzeiro ficou com a vaga na segunda colocação do grupo e matematicamente classificado.

Se classificar sempre é bom, mas o gostinho amargo de que "dava para ter ganho" não me sai da boca. Se por um lado o time foi brilhante contra o Vélez no Mineirão, deixando claro do que é capaz, de vez em qdo falta um pouco de solidariedade com o companheiro mais bem colocado, e mesmo um pouco de atenção.

Ainda bem que na Sampa Azul, a disposição é sempre a mesma e a galera deu show ao lotar o QG mais uma vez. Isso sim que é time determinado… rs

Agora, meus amigos, tirem os seus desfribiladores do armário. Vamos, como no ano passado, arrancar vaga a vaga jogando fora de casa até a final. Parafraseando Galvão Bueno - o poeta: Hája Coração!

Um comentário:

Geraldo Henrique disse...

Vamo q vamo!!
Esse ano vai ser no coração!!
E haja coração mesmo!!!
Grandes emoções em vista.

ZÊÊÊÊROOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!