segunda-feira, 13 de abril de 2015

Pegue a sua caneta e anote aí: o Cruzeiro fez outra grande partida!


Pegue a sua caneta e anote aí: o Cruzeiro fez outra grande partida! (Pegou a sua Josué?... kkk)
Era para ser um jogo duríssimo. E foi, duro e pegado.

Jogando fora de casa, em um estádio que só teve presença da torcida adversaria (algo que eu acho MUITO errado), o Cruzeiro jogou bem e manteve a vantagem para a segunda partida no Mineirão.
O Cruzeiro começou o jogo e logo mostrou que não sentia a pressão do Independência. Começou bem melhor a partida, tocando bem a bola e teve as primeiras chances de gol, sendo a mais clara delas uma cabeçada de Damião na trave, logo depois de uma envolvente jogada entre Mena e Alisson.

Aos poucos o adversário foi equilibrando a partida. Até que aos 39 minutos, a equipe emplumada conseguiu aproveitar um bom contra ataque para abrir o placar com Carlos. 1x0 para o time listrado e assim terminou um primeiro tempo marcado por muitos cartões amarelos.

Apesar do revés no placar, a postura do Cruzeiro era muito boa. Estava um jogo bom de se assistir.
Para o segundo tempo, M. Oliveira colocou o estreante Fabrício no lugar de Mena. Com isso o Cruzeiro voltou mais ofensivo. Aos 10 minutos, Willians começou uma jogada magistral, driblando e penetrando o campo rival, para depois tocar para Arascaeta.

Agora eu vou começar um novo parágrafo porque o lance merece.

Arrascaeta recebeu a bola no meio de 3 marcadores. Dominou, girou o corpo e protegeu a bola. De costas, enfiou uma caneta mágica em Josué, ente dois jogadores driblou, deixando Jemerson para trás, invadiu a área e chutou cruzado para fazer um golaço! 1x1.

Tem replay em texto escrito? Uai... tem sim, porque essa merece:

“Arrascaeta recebeu a bola no meio de 3 marcadores. Dominou, girou o corpo e protegeu a bola. De costas, enfiou uma caneta mágica em Josué, ente dois jogadores driblou, deixando Jemerson para trás, invadiu a área e chutou cruzado para fazer um golaço! 1x1”. (Replay)

Lindo lance do uruguaio que vem crescendo a cada partida. Não somente pelos gols. Como o próprio Marcelo Oliveira ressaltou após a partida, ele passou a recompor mais, participar mais do jogo, pedir mais bolas. Fruto da confiança que vem ganhando e do apoio dos demais jogadores do time.

Aos 17 minutos, em lance entre Damião e Leo Silva, o juiz marcou falta do camisa 9 sobre o defensor. Damião tentou retirar a bola do zagueiro, que retrucou com um chute. Resultado? Damião ganhou um cartão amarelo, enquanto o Leo Silva foi corretamente expulso.

Com um a mais em campo, o Cruzeiro até que buscou a virada, mas não conseguiu transformar a superioridade em gols.

Bom jogo do Cruzeiro. Independente do resultado, gostei de ver um time organizado, criando chances, dividindo bolas. É o segundo bom jogo - seguido - deste time comandado pelo MO. Mais uma vez, com a presença importantíssima do Willians no meio.

Hoje, tirando o Mayke, o Cruzeiro repetiu o time e uma boa apresentação.

Com o 1x1 no placar, a Raposa mantém a vantagem para a segunda partida neste embate por uma vaga na final do Campeonato Mineiro.

Vamos Cruzeiro!
(Por E.M.)

Nenhum comentário: