domingo, 16 de novembro de 2014

Superando os próprios limites.


Aos 6 minutos do segundo tempo, a zaga Santista afastou a bola. Manoel cortou o lance na zaga celeste e a bola sobrou para Nílton, que dominou e tocou rapidamente para M. Moreno, que de calcanhar ajeitou para Ricardo Goulart que carregou a bola em velocidade, enfiou a bola para William que com um leve tapa, devolveu para o camisa 28, em progressão pelo lado esquerdo da área adversária fuzilar e fazer o gol da providencial vitória celeste.

Um lance bem ao estilo do Cruzeiro, rápido eficiente e mortal. Mais do que isso, um gol que sacramentou uma vitória em um dos dois jogos dificílimos fora de casa e que nos deixou ainda mais próximos do tão sonhado Tetra.

Nem vou comentar o péssimo primeiro tempo da equipe, tão pouco o fato de que os jogadores estão em seu limite físico. É hora de superar tudo isso, de superar a tudo e a todos. Matematicamente, estamos a 2 vitórias do nosso maior objetivo.


Parabéns aos guerreiros celestes pela importantíssima e difícil vitória conquistada no dia de hoje.

E quem sabe nós não beliscamos alguns pontinhos no Sul também, heim? Seria uma vitória típica de time campeão. Vai que...

Mais um importante passo rumo ao Tetra. É reta final e agora a taça está a vista. Mas não podemos nos enganar com isso. É justamente agora que não podemos baixar a guarda e temos de fazer o impossível para superar nossos adversários.


Vamos Cruzeiro!

Nenhum comentário: