sábado, 27 de setembro de 2014

Desgastados


Sport e Cruzeiro jogaram neste sábado na arena Pernambuco. Ou pelo menos tantaram.

Durante todo o primeiro tempo, além de um certo domínio de posse de bola por parte do Cruzeiro, algo só aconteceu em um chute de longa distância de Nílton e nos dois minutos de acréscimo, quando o Cruzeiro perdeu duas oportunidades claras de gol.

No segundo tempo, nada de diferente. Um jogo truncado, de muita marcação e desfalques dos dois lados, tinha cara mesmo de 0x0 e este foi o placar da partida.

Não foi uma partida boa do Cruzeiro. Mas o desempenho abaixo da média de hoje estava visível nos jogadores: um desgaste físico absurdo.

Sim, nós temos um bom elenco, porém contusões, cartões, a maratona de jogos, uma tabela muito mal pensada (além de duas partidas fora da casa, um jogo foi no Sul e outro no Nordeste) as convocações fora de hora da CBF e sua seleção. Tudo isso se reverteu em um time desfalcado com dois de seus principais jogadores atuando no limite físico.

Hoje, tivemos de recorrer a Marquinhos e Marlone, dois jogadores velozes e dedicados, porém um degrau abaixo dos desfalques do time como Alisson, William e JB.

O Egídio não fez um bom jogo no apoio ao ataque, como de costume, porém há de se destacar a boa partida da dupla de zaga, Dedé e Manoel.

É, meus amigos... a tendência é de dias de dificuldade para o Cruzeiro.

Viajar, nem que seja para tirar férias, já é algo cansativo. Imagina para jogar bola e voltar para jogar no dia seguinte.

Graças a incompetência e despreparo da CBF, E. Ribeiro e R. Goulart desfalcaram e vão desfalcar o Cruzeiro durante o Campeonato Brasileiro. Campeonato este que não pára como deveria em oportunidades assim.

Para piorar, a SeleNike só convoca jogadores de Cruzeiro e Corinthians, deixando os demais adversários da ponta da tabela com seus elencos intocados.

Sim, faz muita diferença.

Agora, é hora de descansar acima de tudo. Tentar recuperar as energias para mais uma semana de maratona de jogos, de partidas dificílimas contra ABC (Copa do Brasil) e a dupla Corinthians e Inter. Todos estes confrontos em casa.

É mais um teste para o líder do Brasileiro, que precisará contar com a força da sua torcida para superar todas estas dificuldades que estamos por enfrentar.

Força Cruzeiro! Continuamos firmes e fortes na luta pelo Tetra. 

Nenhum comentário: