sábado, 3 de maio de 2014

Capital do Cruzeiro


Com foco na Libertadores, o Cruzeiro mandou o ‘time B’ para enfrentar o Atlético-PR, em Brasília, em partida que tinha o mando do clube paranaense, mas foi marcada pela presença espetacular da torcida celeste. Mais de 10 mil Cruzeirenses transformaram o Mané Garrincha em Mineirão por um dia e fez da capital federal a capital do Cruzeiro.

Com a bola rolando, o Cruzeiro dominava mais a partida, enquanto o Atlético-PR se defendia. Foi o clube Paranaense, porém, quem saiu na frente aos 23, com Éderson. Nilton empatou de cabeça aos 35, mas aos 40 o time do Paraná tornou a ficar a frente com Marcelo.

Para o segundo tempo, M. Oliveira promoveu a entrada de Dagoberto e logo no primeiro Minuto o time do Atlético teve o zagueiro Dráusio expulso, por falta em Borges.

Com um a mais, o Cruzeiro passou a participar de um jogo de ataque x defesa e viu o seu esforço recompensado ao conseguir virar a partida com gols aos 28 do segundo tempo, em pênalti sofrido por Alisson, e aos 37, com Marcelo Moreno, de cabeça.

O placar não só fez justiça a partida, como recompensou a presença espetacular da torcida celeste em Brasília. Espetáculo digno de se aplaudir em pé.

Agora é foco total no dificílimo confronto contra o atual campeão argentino, o San Lorenzo, na quarta feira. Sorte que, do nosso lado está o Cruzeiro... Tricampeão Brasileiro... como Libertadores é raça... NÓS QUEREMOS A TAÇA.


Vamos Cruzeiro!

Nenhum comentário: