domingo, 11 de agosto de 2013

Ainda líder.



O Cruzeiro bem que tentou, mas não conseguiu vencer o Santos no jogo de hoje. Com isso, acabou perdendo a chance de disparar na liderança do Brasileirão. Apesar disso, o clube estrelado ainda é o ponteiro da competição.

O Jogo.

O Primeiro tempo foi tenebroso. Chance mesmo de gol só mesmo no primeiro minuto, com o Santos, em cabeçada de Henrique, muito bem defendida pelo Fábio. No mais muitos erros de passe pela equipe celeste que pouco ou nada criou na primeira etapa. Mesmo assim, teve dois gols bem anulados pela arbitragem por impedimento.

No Santos, Montillo – em seu primeiro embate com o Cruzeiro – era quem mais tentava. Mas ele foi muito bem marcado pelo Nílton e pela torcida durante todo o jogo.

O Segundo tempo foi mais movimentado.

O Cruzeiro criou inúmeras chances, foi para cima, suou a camisa. Até fez por merecer o gol da vitória, mas Ricardo Goulart perdeu pelo menos duas chances claríssimas de marcar. Do outro lado, o que se via era um Santos acuado, tentando jogar no contra-ataque, enquanto fazia catimba e cera para segurar o resultado da partida.

Com isso o Cruzeiro desperdiçou a chance de disparar na liderança do Brasileiro e também perdeu os 100% de rendimento no Mineirão. O que, em partes, é bom para acabar com estes tabus bobos que mídia cria e no fim das contas acabam pesando para o time.

Agora, o Cruzeiro precisa se preparar para uma partida dificílima contra o Grêmio, fora de casa, em um daqueles jogos que costumam consagrar campeões. E será preciso um futebol realmente vencedor para segurar a liderança da competição.

Vamos vamos Cruzeiro!

Um comentário:

Bernardo Duca disse...

Estamos no caminho certo, mas precisamos ganhar esses jogos contra times que não estão na disputa do título...Contra o Santos, na minha opinião a falta do Everton Ribeiro foi grande...Mas de toda forma agora é pensar no Grêmio...e de ganhar do Grêmio nos entendemos...