sábado, 6 de julho de 2013

Estamos de volta

E nada melhor que recomeçar o Brasileirão “em casa”. Pois é, hoje é dia de prestigiar o MAIOR de Minas na conquista de 3 novos pontos e participar do jogo 500 do nosso capitão.

Estamos com sede de Cruzeiro, sede de conquistas! E o que nos espera são os 3 pontos, não pode ser diferente, pois contra times do quilate da Lusa temos que angariar dois triunfos sem titubear. Assim se faz um campeão, ganhando 6 pontos dos “times pequenos”.

Verdade, o time estará bem desfalcado. Mas quem for entrar em campo já está no grupo há tempo e terá chances de mostrar serviço sem ter direito a reclamar de entrosamento. Exceção é o volante Souza, que é uma cara nova, e que diga-se de passagem deixou uma ótima impressão nos jogos disputados nos Estados Unidos, embora o primeiro jogo (Cruzeiro x Strikers) não deva ser levado muito a sério, mas o fato é que o Souza assumiu bem a “volância” e para alegria de mais de 90% da torcida barrou o protegido e bom caráter Leandro Guerreiro, que desta vez ficará na suplência.

O sentimento, “QUE NÃO PODE PARAR”, é que o Cruzeiro vai fazer uma ótima apresentação e começar a gravar o seu lugar no G4. Ao que parece o time está focado e com vontade de entrar para história.

Fora das quatro linhas as boas notícias são as possíveis substituições, do patrocinador “máster” e do fornecedor de material esportivo. Essa última troca tem que ser encarada com muita seriedade, pois cada vez mais ouço reclamações de colegas de BH que a loja do Cruzeiro está totalmente desabastecida, o que é lamentável para uma loja recém inaugurada. Alô Diretoria! Olho no peixe e outro no gato!!!

Bom, o negócio hoje é vestir a camisa azul estrelada e preparar o espírito para a “balada” da zona norte (jogo 21h. no sábado é osso!), porquê hoje é dia de matar saudades! Até mais tarde! Dá-lhe Cruzeiro e saudações celestes!

Álvaro Bomfim

Nenhum comentário: