domingo, 7 de abril de 2013

Num deu nem pro cheiro.


A Páscoa foi domingo passado, mas hoje foi dia de chocolate. E logo contra o coelhinho. Que falta de consideração, heim Cruzeiro? 

Foi jogo de um time só durante todo o primeiro tempo. Com o Ricardo Goulart no time titular, o time ganhou uma consistência muito boa no meio. O camisa 31 se mostrou, mais uma vez, muito participativo, voltando para buscar bolas e armando as jogadas com muita velocidade. Belo jogador! 

Cada vez mais estamos vendo um Cruzeiro com cara de Cruzeiro, com passes rápidos e envolventes, como historicamente sempre foram nossos times. E o resultado deste time não demorou a aparecer, com 2 gols (de Borges e Diego Souza) em 16 minutos. E poderia ter sido mais, caso o time celeste não tivesse tirado o pé do acelerador. O América nada fez na primeira etapa. 

O segundo tempo mal começou e Bruno Rodrigo – que teve ótima atuação – fez o 3º, de cabeça, em cobrança de escanteio. Só aos 18 do segundo tempo, em lance de escanteio, o América descontou com Doriva, que arrematou o rebote para o gol. 

O Cruzeiro ainda fez um gol legal com Éverton Ribeiro, anulado por um impedimento absurdo assinalado pelo bandeirinha. Menos mal que um minutinho depois, Borges fez o seu segundo na partida e deu números finais ao jogo. 

No geral, o time todo jogou uma bela partida hoje. Muito disso em função da presença do bom Ricardo Goulart, que buscou muito o jogo. Destaques para o próprio camisa 31, pela velocidade, movimentação e ótimos passes. Para o Borges pelos seus 2 gols, para o Bruno Rodrigo, pela atuação firme e segura que ele teve e, finalmente, para o Diego Souza. Ainda esteve lento, mas cresceu na partida de hoje. O gol que fez, juntamente de bons dribles e chapeuzinhos deram a ele a tranquilidade para fazer um ótimo jogo. Bom para ele e para o Cruzeiro, que precisará muito do seu talento durante o ano. 


Foi uma das melhores partidas do time no ano, para a alegria da galera que compareceu na Sampa Azul. Agora é continuar firme o trabalho e nos prepararmos para a estréia na Copa Do Brasil. 


Vamos Cruzeiro! 


Nota: Hoje esteve na Sampa Azul o autor do Livro “O Mineirão é Azul”. Leonardo Silvestre escreveu este livro que conta a história de 40 vitórias do Cruzeiro sobre o seu rival. 

Infelizmente, como o aviso foi feito em cima da hora para a grande maioria das pessoas na Sampa Azul, o evento não teve o devido prestígio que merecia. Mas para que toda a galera da Sampa Azul, bem como todo torcedor do Cruzeiro, possa conhecer um pouco mais da obra, segue um link -  retirado do próprio site do Cruzeiro - com informações do livro: http://www.cruzeiro.com.br/index.php?section=conteudo&id=2292

Nunca é demais relembrar vitórias.

2 comentários:

Ducamigo disse...

O teste contra o Coelho foi bom, atropelamos com passos largos...Era um jogo com grande expectativa e acabou como um jogo tranquilo e bem jogado por nos...Espero q nessa quarta a copa do brasil comece bem para nos também...

Edu Mano disse...

Tomara mesmo! A Copa do Brasil tem que ser nossa! :-)