sábado, 18 de junho de 2011

Segura para não cair.


Se hoje, algum torcedor do Cruzeiro vê alguma luz no fim do túnel, esta luz é a da lanterninha do Brasileirão. Que vergonha!

Sim, meus amigos, o Barcelona das Américas não foi capaz sequer de segurar a vantagem contra o poderosíssimo América MG e acumula grotescos 3 pontos no campeonato. Nunca, em meus 30 anos, assisti a um começo de campeonato tão safado como este.

O time até sai na frente, mas para de jogar. A equipe está torta em campo, os jogadores correm de forma desorganizada e confundem desespero com raça.

Quanto faltam jogadores capazes de vestir a camisa do Cruzeiro a altura, é de responsabilidade do técnico compensar os limites do time com organização tática, mas o Cuca não vem sendo capaz de fazer isso, deixando de ser apenas vítima para ser personagem fundamental no mal momento do time.

Sim, vítima. Pois não é culpa dele o time não ter UM atacante de peso sequer. Não é culpa dele se o Cruzeiro negociou jogadores como Jonathan e Kléber, sem trazer reposição a altura. Mas ao pedir as contas no último jogo e ser convencido de permanecer no time, ele demonstrou não ter a tranquilidade e a postura necessária para comandar o time neste momento.

É inadmissível que o Cruzeiro, vice-campeão brasileiro, vice-campeão da Libertadores 2009, não consiga vencer uma partida sequer contra adversários como o Santos B, o Figueirense ou o América-MG. Só que antes de se cobrar resultados, temos que cobrar as condições para ele eles aconteçam.

Existe um ditado que diz como você deseja conseguir algo diferente se todo dia faz a mesma coisa? Pois bem meu amigo, eu fico me perguntando como esta diretoria deseja montar um time campeão se ela tem uma política de investir em restos ou apostas para um time do porte do Cruzeiro?

André Dias, Farías, Alessandro, Jonas Carioca, Anselmo Ramom, mesmo o bom Wallyson e outros tantos que tentaram a sorte recentemente no Cruzeiro. Quem acompanhou o Cruzeiro nos anos 90, ou quem viu o time de 2003 sabe que nenhum deles tem o peso necessário para ser titular de um time como o Cruzeiro. Todo time campeão tem como pré-requisito um artilheiro, um homem gol... E desde a saída do Fred, nós não temos.

Arrisco dizer que a ausência de um atacante custou a Libertadores este ano.

E todo ano é a mesma merda. O time vai mal, tropeça, falta algo... e no meio do caminho chegam jogadores para evitar que a vaca vá para o brejo. E no finzinho, deixamos de ser campeões por detalhes. Ai estão os detalhes.

E já está mais do que provado que investir dá resultado. Vejam aí o Montillo, que vem carregando o time nas costas (mesmo mal), ou o Victorino. Então porque não contratar antes de a vaca ir para o brejo?

Esse complexo de mendigo pra mim não cola. O Grêmio, o Vasco, o Palmeiras, o Inter... todos buscam reforços e o Cruzeiro não é menor que eles em nada. Ou melhor, talvez seja... no pensamento dos dirigentes do time.

Agora, é rezar para este time ter algo parecido com futebol e conseguir – a duras custas – vencer em casa o time do Coritiba. (Senhor, vejam a que ponto chegamos). Torcer e orar para que o Montillo, o Gilberto, o Fabrício e o Fábio superem os limites deste time e consigam, nem que seja por 1x0, trazer a primeira vitória para o Cruzeiro.

Juro para vocês. Este ano, do jeito que estão as coisas, estou torcendo para não cair. Custo a acreditar que não existam 4 times piores que o Cruzeiro no campeonato.

Ai, se não caírmos, o Sonho da Copa do Brasil estará mais do que vivo em nossas veias, como parte da torcida desejava.

Façam-me o favor.

Vamos Cruzeiro, vamos mostrar o mínimo de vergonha na cara.

Aliás, falando em vergonha na cara, está mais do que na hora de torcida e diretoria fazerem sua parte também. Como última cartada, nossa diretoria deveria baixar a crina e colocar ingressos a R$5,00 (valor do futebol do time neste momento) para lotar a Arena e ajudar o time. E o torcedor, que já provou o seu amor lotando a Arena várias vezes, viaja todo santo jogo, pagou 300 reais na final da Libertadores, tem que fazer o seu papel.

Ajuda aí, diretoria! Cadê o marketing do clube? Cadê o apelo para atrair o torcedor neste momento difícil?

Essa fase ruim já deu!

Nenhum comentário: