quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Parque da Raposa!

3 jogos no Parque do Sabiá, 3 vitórias por 1x0 e mais 3 pontos para o nosso Cruzeirão. Definitivamente, encontramos nossa casa neste brasileirão.

Desfalcados nada mais, nada menos do que de 7 jogadores, dentre eles o talentoso Montillo, o Cruzeiro enfrentou o poderoso elenco colorado em uma disputa direta por uma vaga no G4. Roger assumiu a camisa 10, enquanto Everton também dei as caras no time titular.

Com a bola rolando, o Cruzeiro teve 30 minutos de um futebol magnífico. Com um toque de bola dígno da tradicional escola Cruzeirense, o Cruzeiro envolvia o time do Internacional. Quando estava sem a bola, o time marcava como gente grande e o time vermelho não viu a cor da bola.

Logo no começo da partida, Everton deu uma cabeçada perigosa que ameaçou o arco colorado. Aos 14, em um cruzamento feito pelo Jonathan - de trivela - ele mesmo pegou de sem-pulo para marcar o primeiro gol da partida.

Para se ter uma idéia do começo empolgante do Cruzeiro, até os 25 minutos de partida, o Inter havia cometido 9 faltas e o Cruzeiro nenhuma. Jogávamos muita bola e jogavamos limpo.

Com a desvantagem no placar o Inter começou a investir mais em jogadas ofensivas, mas só veio incomodar o goleiro Fábio aos 29 minutos, em uma bola cruzada que passou perigosamente a frente do arco celeste.

No segundo tempo, o jogo ficou mais movimentado. O Inter passou a controlar as jogadas mais ofensivas e o Cruzeiro passou a jogar mais no contrataque. Até os 15 da etapa complementar, o Cruzeiro cozinhou o jogo como quis. Depois disso, o Inter pressionou mais, porém não conseguiu empatar.

Talvez até em conseqüência de um time que correu muito no primeiro tempo e do preparo físico ainda deficiente de Roger e Farias, sem contar o que correu o Everton, o Cruzeiro não era tão perigoso como no primeiro tempo, embora tenha conseguido boas chances também na etapa complementar.

Final de jogo, Cruzeiro 1x0 e vaga no G4 garantida até o final desta rodada.

Aos poucos o time vem crescendo e melhorando o seu futebol. A vitória contra um adversário direto credencia o time estrelado a briga pelo título. Agora é preparar o espírito para enfrentar o bom Avaí no estádio da Ressacada, ainda sem Montillo e W. Paulista.

Vamos Cruzeiro!

4 comentários:

Anônimo disse...

O time do Cruzeiro não encanta, mas dá orgulho. Outro demonstração que tem mais vontade, pode superar um adversário mais gabaritado. Léo, Marquinhos Paraná e Henrique foram os donos da bola. Abs, Leonardo Campos

Duca disse...

Nosso time está a cada jogo mostrando que pode brigar pelo titulo, apesar de uma arbitragem sempre ruim e contra nós do time azul.
Ontem mesmo com um time meio reserva e meio titular conseguimos ganhar de forma maiúscula do campeão da Libertadores em nossa nova casa que é Uberlandia.
Acho que o próximo jogo será ainda mais complicado e ganhando fora, mais uma vez, vamos mostrar ainda mais força e exigir respeito ao maior de Minas...Rumo ao titulo...

Anônimo disse...

ZEROOOOOOOOOOOOOO!!!!!


NAO VAMOS DEIXAR DE RECLAMAR DA NOSSA DIRETORIA, NUNCA... MAS ACHO QUE O MOMENTO É DE TOTAL APOIO AO NOSSO TIME, COMO DISSE O LEO, O FUTEBOL NAO ESTA SENDO MARAVILHOSO, MAS A GARRA DOS JOGADORES ESTA FORA DE SERIO... É ISSO AI

ZEROOOOOOOOOOOO

THIAGO VAQUEIRO

Raposa Azul disse...

Conquistamos 3 pontos importantes, contra um rival direto. O Cruzeiro pode ir longe, jogando com vontade de vencer, com raça. Temos bons jogadores, e bons substitutos, o que é muito importante para essa etapa do Campeonato Brasileiro.

Iniciamos o returno bem, vamos avante.

blograposaazul.blogspot.com

saudações celeste