quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Eita goleada sofrida, sô!

Olha, só quem assistiu a esta partida pode entender as "loucuras" que vou descrever nas linhas a seguir. Uma goleada de 4x2 que foi mais sofrida do que as apertadas vitórias de 1x0. Talvez, mais sofrida que a heróica vitória sobre o Palmeiras. Quem sobreviveu a este teste para cardíacos, que me ajude a comentar este jogão.

Em jogo estava a possibilidade de terminar a rodada em 2º lugar na classificação geral do brasileirão. A arena do Jacaré recebia o seu melhor público do campeonato. Tudo estava preparado para uma grande festa em azul e branco.

Com a bola rolando, o Cruzeiro começou a partida impondo o seu bom futebol. Aos 6, um belo chute de Fabrício passa rente a trave direita do time bugrino. Aos 9, W. Paulista manda a direita do gol.

Aos 11, Wallyson entrava no lugar de W. Paulista, que saiu sentindo a coxa esquerda, mesma que havia deixado ele de fora dos últimos jogos.

O Cruzeiro continuava pressionando mais, até que aos 22, um primeiro susto. Rafael faz uma defesa maravilhosa em chute de Apodi, uma daquelas dignas do selo "Fábio de Qualidade".

Aos 25, enfim, o primeiro gol celeste. Em jogada individual, Thiago ribeiro cruza a bola sobre medida para Rômulo fazer o primeiro do Cruzeiro, e o primeiro dele com a camisa estrelada.

Aos 28, o treinador do Guarani Vagner Mancini é expulso. O jogo fica tenso e cheio de discussões. Aos 39, o craque Montillo da um daqueles passes mágicos para Walysson, que fez (até que enfim) o segundo gol do Cruzeiro, o primeiro dele no Cruzeiro.

Aos 42, Mazola, atacante do Guarani, foi expulso facilitando ainda mais a vida do Cruzeiro, que só fez por cozinhar a partida até o intervalo.

2º tempo proibido para cardíacos!

Com vantagem no placar, bom futebol e vantagem numérica em campo, Cuca decidiu puopar o Fabrício e colocou Fabinho em seu lugar. O Cruzeiro começou a etapa complementar fulminante.

logo aos 5 minutos, depois de uma cabeçada de Thiago Ribeiro, Apodi e Fabão trombam e a bola entra em gol legal, anulado pelo juiz, que alegou falta de Wallyson. Aos 8, cruzamento de Montillo para uma cabeçada de raspão de Thiago Ribeiro. Quase o 3º gol.

Aos 11, um chute cinematográfico de Rômulo que explode no travessão. Na sobra, cara a cara com o gol escancarado, o porra do Wallyson (vai ser grosso assim na casa do caralho) consegue chutar em cima do goleiro. Para completar, aos 15, quando ele fez um gol, o lance foi anulado denovo pela arbitragem por impedimento.

Aos 17, Henrique se despedia da partida em um belo chute, mais uma vez salvo pelos anjos da guarda deste goleiro do Guarani. Que coisa! Aos 18, a partida começava a mudar. Entrava o Farías no lugar do Henrique, que seria poupado para o duelo contra o Botafogo.

Inacreditável…

Aquele festival de gols perdidos não me cheiravam bem. Como quase não era incomodado, até dava para entender os 3 atacantes colocados pelo Cuca. mas o tiro saiu pela culatra.

Sem nada a perder, o Guarani foi para o tudo ou nada. O Cruzeiro deixou de marcar bem e a errar muitas saidas de bola. Errou tanto que, aos 24, o Guarani diminuiu, deixando um jogo "baba" muito perigoso.

O gol não mexeu com o time do Cruzeiro que continuou torto em campo. Como com 1 a mais não conseguíamos sair com a bola? Tanto foi assim que, aos 29 veio o castigo. Em jogada pela ponta esquerda, Paulo Roberto passa por 3 marcadores e empata a prtida, deixando todos na Arena do Jacaré totalmente atônitos.

Mas quando a fase é boa…

Mas quando a fase é boa, meu amigo, as coisas dão certo. E menos de 1 minuto depois, em cobrança de escanteio, Fabinho coloca novamente o Cruzeiro na frente. Que sofrimento! Que jogo!

Dois minutos depois, quase o empate do Guarani. Fabão cobrou uma falta perfeita, só não tão perfeito como o goleiro Rafael que salvou com um tapinha, colocando a bola para linha de fundo. Aos 36, outro chute perigosíssimo defendido pelo Rafael.

O jogo era movimentado. Ninguém sabia o que iria acontecer. Os nervos estavam a flor da pele e o sofrimento era imensurável. Mas para preservar os cardíacos que estavam vendo a partida, emcobrança de escanteio, Montillo toca para Thiago Ribeiro, que cruza para Farías colocar números finais a partida. Cruzeiro 4x2 Guarani.

BenzaDeus! Que jogo!

Quatro minutos de acrescimos depois, o juiz apita fim de jogo e decreta a vitória por goleada mais sofrida da história… rs Agora, com 40 pontos, o Cruzeiro pede licença e encabeça junto a Fluminesne e Corinthias a briga pelo caneco em 2010.

Parabéns ao time e também a torcida que foi show de bola. Mas é preciso parar de perder tantos gols assim.

Que o pé esteja mais na forma para o duelo do próximo sábado, contra o Botafogo, um concorrente direto na briga pelas primeiras posições.

Vamos vamos, Cruzeiro!

6 comentários:

Geraldo Henrique disse...

Primeiro: o jogo foi na Arena do Jacaré, não no Parque do Sabiá.

Segundo: Wallyson é péssimo dos péssimos! Ridículo. Pra ser ruim, tem q melhorar muito.

Terceiro: O Sr. Cuca quiz inventar e complicou o jogo que era pra ser 5 x 0 com tranquilidade e quase foi pro saco. Pra que 3 atacantes ganhando o jogo de 2 x 0 e com 1 jogador a mais??? Resultado, perdeu o meio campo e deixou o Guarani empatar. Demos sorte de fazer o terceiro gol logo em seguida.

Quarto: O que vale são os 3 pontos. Que seja nesse sufoco até o fim, mas que seja vitórias. 1 x 0, 2 x 1, 3 x 2...

Quinto: Vamo q vamo e chupa frangas rosadas.

Sexto: Fora Perrelas

Saudações celestes!

Eduardo Mano disse...

1º. Corrigido... rs

2º. Concordo. Quando o Cuca colocou ele em campo, eu quase chorei. O gol que ele fez, até o Saci Pererê faria... e olha que ele ainda deu uma enroladinha.

3º. O Cuca cagou mesmo. O lado bom foi que ele reconheceu e sem meias palavras. Ele mesmo disse que fez "merda", assim, na lata... rs Ainda bem que conseguimos a votória.

4º. Perfeito. de 0,5 a 0. Que ganhemos sempre.

5º. Chupa, senta e roda!... kkk

Zêêêêêêêêêêroooooo!!!

Anônimo disse...

Pessoal, tem coisa mais importante que futebol! Sem fanatismo !Sei que é bom ver nosso time vencendo, mas com equilíbrio e bom senso , tudo é mais saudável!

Anônimo disse...

TO CHAPADO!!!!!!!!!!!!!!!

THIAGO VAQUEIRO

ZEROOOOOOO

Anônimo disse...

Calma, galera! O time é competitivo, mas precisa melhorar muuuuuito para brigar pelo título. Sou mineiro: não faço festa de véspera! Abs, Leonardo Campos

Duca disse...

Wallyson???Num joga nem em jogo de aniversário de criança...Pelo amor de DEUS, leva ele Adilson!!!

E rumo ao titulo...
Cruzeiro campeão e galinha rosa na segunda...